Anchieta Responsável

O Projeto Anchieta Responsável nasce como parte integrante do Projeto Ambiente Ética e Cidadania [...] e desdobramento do Festival de Redação, representando o caráter assistencial dos referidos projetos e buscando desenvolver a noção de Responsabilidade Social em nossos educandos da 1ª série do Ensino Médio. O projeto consiste em uma série de oficinas socioeducativas, que são realizadas pelos alunos da referida série, com a orientação do corpo docente e da ajuda financeira, oferecida pelos alunos e pela Escola , que objetivará qualificar a infraestrutura de uma entidade de acolhimento a setores socialmente vulneráveis, nesse caso, um orfanato.

A referida atividade faz-se necessária por acreditarmos que é através da educação que conseguimos assegurar a formação cidadã e acadêmica dos indivíduos. Assim, em uma sociedade desigual, violenta e marcada pela marginalização de setores sociais mais vulneráveis, torna-se necessária a incorporação de princípios éticos e políticos na prática educacional, como aqueles adotados por nossa Instituição: a solidariedade, o respeito, o amor, a honestidade, a autonomia e a liberdade.

Da mesma forma, é em concordância com o Art.1º § 2º da Lei nº 9.394/96, que estabelece que “a educação escolar deverá vincular-se ao mundo do trabalho e à prática social” e, sobretudo, em decorrência dos Parâmetros Curriculares do Ensino Médio, que estabelecem, em relação à área das Ciências Sociais, que “a aprendizagem deve desenvolver competências e habilidades para que o aluno entenda a sociedade em que vive como uma construção humana [...]”, bem como “construa a si próprio como agente social que intervém na sociedade [...]” , que oportunizaremos a realização de ações educativas e econômicas que melhorem a qualidade de vida de crianças carentes e contribua para tornar a vida em sociedade mais digna. Pretendemos, ainda, possibilitar o crescimento pessoal por meio do desenvolvimento da pessoa humana: seus sentimentos, seus conhecimentos e suas virtudes; bem como contribuir para o crescimento profissional e acadêmico de nossos educandos, visto que é cada vez maior o número de instituições de ensino superior e de empresas que valorizam o trabalho social e voluntário nos seus processos seletivos.


A entidade escohida

O Lar da Criança é um orfanato localizado no bairro de Vila Laura, em Salvador, que atende a órfãos e demais jovens em situação de risco. Sua atividade é filantrópica, portanto, sem quaisquer fins lucrativos, bem como se notabiliza pelo cuidado com os acolhidos, mesmo sem a ajuda de grandes entidades financeiras ou instituições religiosas.


Realizações socioeducativas

As atividades pedagógicas do Projeto Anchieta Responsável baseiam-se em três pilares: o primeiro, o de transpor os muros do Colégio, desenvolvendo uma atividade pedagógica de extensão, que cumpra com uma das missões sociais de uma entidade educacional, que é a de educar em prol da cidadania; o segundo, o de possibilitar o desenvolvimento das capacidades e habilidades intelectuais e de atitudes sociais e éticas dos alunos e, o terceiro, interferir na sociedade, de maneira prática, por meio de atividade assistencial.

Assim, a atuação pedagógica do projeto será referenciada pela execução de atividades socioeducativas que possibilitem a interação entre os grupos sociais envolvidos. Dentre essas atividades, destacam-se: as visitações aos Abrigos de Idosos, que ocorrem anualmente, que tiveram como objetivo sensibilizar os alunos da 1ª série do EM do Colégio Anchieta, em relação à vulnerabilidade econômica e sentimental desse grupo social; as visitações a espaços socioculturais empreendidas pelos educandos do Anchieta, em relação aos acolhidos pelo orfanato e, principalmente, as oficinas socioeducativas, que têm por objetivo favorecer, em ambos os grupos (alunos do Anchieta e as crianças acolhidas pelo Lar), a apreensão e o entendimento de realidades que não estão dispostas em sua estrutura sociocultural, bem como oportunizar o desenvolvimento moral e intelectual dos indivíduos.


Intervenção financeira e cultural

Por meio de uma diversificada fonte de arrecadações, que vão das doações feitas pelos alunos da 1ª série, dos professores (que doam as suas horas/aulas ocupadas nas atividades do Projeto) à Entidade Mantenedora do Colégio Anchieta que fará uma intervenção financeira e estrutural no Orfanato Lar da Criança, com a pretensão de superar a prática de atividades assistencialistas pontuais, estabelecendo uma prática assistencial transformadora de médio prazo.

As intervenções estruturais, nesse primeiro ano de Projeto, objetivará requalificar a infraestrutura básica da entidade, seja por meio de reformas ou através da construção de espaços de primeira necessidade.


Depoimentos

Solidariedade, essa é a palavra que permeia qualquer atividade assistencial. Contudo, não basta para o desenvolvimento de uma geração mais consciente de seu papel social, sobretudo, em relação àqueles que estão em estado de vulnerabilidade socioeconômico. Faz-se necessária a compreensão do que é essa vulnerabilidade, bem como o aflorar de sentimentos humanistas, tanto quanto o desenvolvimento da noção de ser Responsável Socialmente.

Aluna, Fernanda Amorim
Solidariedade. Foi este sentimento que permeou a nossa visita ao Abrigo São Gabriel.
Download Depoimento em PDF
Joel Nolasco
Uma tarde de trabalho, solidariedade e o melhor presente que um educador pode ganhar.
Download Depoimento em PDF
Mariah B. Hazin
Assim que cheguei ao Orfanato Lar das Crianças vi três pequenos brincando, dançando, jogando-se ao chão e rindo.
Download Depoimento em PDF

Agenda Veja mais+

2  MAI Exibição de filme "A dieta do Palhaço"

Alunos do 8º ano EF | Leia+

2  MAI 2ª Reunião de Pais 1° ano EF

Pais de alunos do 1° ano EF | Leia+

8  MAI Visita ao Abrigo São Gabriel

Alunos da 1ª série EM | Leia+

9  MAI Homenagem as Mães - G3 e G5

11  MAI Projeto Cultura - 1º ano EF