Tecendo ideias

Governo federal lança site sobre o período da ditadura militar no Brasil

Por Fernanda Calgaro, do G1, em Brasília. O governo federal lançou no dia 05/12 um portal na internet sobre o período da ditadura militar no Brasil, que vigorou entre 1964 e 1985.


Governo federal lança site sobre o período da ditadura militar no Brasil

Por Fernanda Calgaro, do G1, em Brasília

O governo federal lançou no dia 05/12 um portal na internet sobre o período da ditadura militar no Brasil, que vigorou entre 1964 e 1985. O site (www.memoriasdaditadura.org.br) apresenta informações sobre a história do regime e dos movimentos de resistência, além de documentários, depoimentos e mapas. A página também traz uma área de apoio a professores, com planos de aula e material didático para tratar o tema em sala.
“A preservação da memória do país é fundamental, [pois] a democracia começa a ser construída a partir da escola pública”, afirmou o ministro da Educação, Henrique Paim, no ato de lançamento.
O portal foi produzido pelo Instituto Vladimir Herzog em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência.
Além do ministro da Educação, participaram do evento as ministras Ideli Salvatti (Direitos Humanos), Eleonora Menicucci (Secretarias de Políticas para as Mulheres), Luiza Helena de Bairros (Promoção da Igualdade Racial) e a ministra interina Ana Cristina Wanzeler (Cultura).
O representante do Pnud no Brasil, Jorge Chediek, destacou a importância da preservação da memória para “se buscar a verdade, justiça e reparação”. “Esperamos que esse portal ajude a promover uma reflexão mais aprofundada sobre o período [da ditadura] e que abusos de direitos humanos não aconteçam nunca mais.”
Em tom emocionado, a ministra Eleonora Menicucci lembrou em seu discurso das torturas a que foi submetida pelos militares durante o regime ditatorial. Ex-militante de esquerda, Eleonora cumpriu pena de prisão ao lado da presidente Dilma Rousseff na década de 1970.
“Só nós que vimos sangue ser derramado, vidas serem perdidas e que tivemos as nossas vidas, os nossos corpos manchados pela ditadura, sabemos o que foi [a ditadura]”, disse. “Naquela época, eu preferia ter morrido, tamanha é a dor da tortura física e psíquica, mas tenho alegria enorme de ter sobrevivido para contar essa história", afirmou.
 


Artigos, notícias, entrevistas e poesias


Saiba já como ajudar seu filho a resolver problemas sozinho

por: happycodeschool.com

19/08/2019 - Artigo


Por que seu filho precisa desenvolver habilidades socioemocionais?

por: happycodeschool.com

05/08/2019 - Artigo


O que você precisa saber sobre o desenvolvimento cognitivo

por: happycodeschool.com

22/07/2019 - Artigo



Os pais devem entender que não se divorciam de seus filhos

Por: www.asomadetodosafetos.com

27/05/2019 - Artigo

11 nutrientes importantes para o organismo

Por: qualicorp.com.br

20/05/2019 - Artigo

Agenda Veja mais+